O Cinema de Luis Buñuel

A Versátil apresenta “O cinema de Luis Buñuel”, digistack com 3 DVDs que reúne 6 clássicos do diretor surrealista Luis Buñuel (1900-1983) em inéditas versões restauradas e mais de duas horas de vídeos extras, incluindo um excelente documentário sobre a obra do mestre espanhol. Edição Limitada com 6 cards.

 

DISCO 1

Tristana, uma Paixão Mórbida (Tristana, 1970, 109 min.)
Com Catherine Deneuve, Fernando Rey, Franco Nero.

Após a morte da mãe, órfã é entregue aos cuidados do idoso Don Lope, que a seduz e se torna seu amante. Porém, a chegada de um jovem ameaça o relacionamento. Obra-prima subversiva indicada ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

 

A Via Láctea ou o Estranho Caminho de São Tiago (La Voie Lactée, 1969, 101 min.)
Com Paul Frankeur, Laurent Terzieff, Alain Cuny, Pierre Clementi.

Dois peregrinos viajam em direção ao mítico caminho de Santiago de Compostela, lugar de muita religiosidade, e lá se deparam com diversos personagens bíblicos e históricos. Ácida sátira religiosa do mestre espanhol.

 

DISCO 2

O Fantasma da Liberdade (Le Fantôme de la Liberté, 1974, 103 min.)
Com Jean-Claude Brialy, Adolfo Celi, Michel Piccoli.

Uma série de situações absurdas, que começa com o fantástico relato do que se passou em Toledo em 1808, com um soldado e uma morta. Um dos filmes mais surrealistas de Buñuel, que o considerava seu testamento.

 

A Morte Neste Jardim (La Mort en ce Jardin, 1956, 104 min.)
Com Simone Signoret, Georges Marchal, Charles Vanel.

Em meio à uma revolução iniciada por garimpeiros num país da América do Sul, um grupo precisa se aventurar na floresta, para fugir da polícia. Com forte comentário político, essa é mais uma pérola da fase mexicana de Buñuel.

 

DISCO 3

O Diário de uma Camareira (Le Journal d’une Femme de Chambre, 1964, 97 min.)
Com Jeanne Moreau, Georges Géret, Michel Piccoli.

Uma camareira consegue emprego na casa dos Monteil, uma família burguesa com certas peculiaridades, como o fetiche do patrão por sapatos femininos. Com muito humor negro, Buñuel nos apresenta sua visão sobre a luta de classes.

 

Simão do Deserto (Simón del Desierto, 1965, 45 min.)
Com Claudio Brook, Silvia Pinal, Enrique Álvarez Félix.

Simão é um religioso que deseja se aproximar de Deus. Para isso, sobe numa coluna no deserto. Porém, o demônio quer seduzi-lo. Fascinante estudo, repleto de ironia, sobre o fanatismo religioso. Prêmio Especial do Júri em Veneza.

Títulos em português: Tristana, uma Paixão Mórbida, A Via Láctea ou o Estranho Caminho de São Tiago, O Fantasma da Liberdade, A Morte Neste Jardim, O Diário de uma Camareira, Simão do Deserto
Títulos originais: Tristana, La Voie Lactée, Le Fantôme de la Liberté, La Mort en ce Jardin, Le Journal d’une Femme de Chambre, Simón del Desierto
País de produção: França, México
Ano de produção: 1956-1974
Gênero: Drama
Direção: Luis Buñuel
Elenco: Catherine Deneuve, Fernando Rey, Franco Nero, Paul Frankeur, Laurent Terzieff, Alain Cuny, Pierre Clementi, Jean-Claude Brialy, Adolfo Celi, Michel Piccoli, Simone Signoret, Georges Marchal, Charles Vane, Jeanne Moreau, Georges Géret, Claudio Brook, Silvia Pinal, Enrique Álvarez Félix.
Idioma: Francês, Espanhol
Áudio: Dolby Digital 2.0
Legenda: Português
Formato de tela: Widescreen anamórfico 1.66:1, Fullscreen 1.33:1
Tempo de duração: 559 min.
Região: 4
Colorido e Preto & Branco
Faixa etária: 14 anos
Extras: Documentário sobre Buñuel (60 min.), Especiais sobre os filmes (90 min.)
Código de barras: 7895233110519

 

TAGS: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,








onde comprar
LOJA VIRTUAL | Visite nossa nova loja virtual!Ver mais